Quarta-feira, 29 de Abril de 2009

 

 

Memorial do Convento

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

*      Resgatar do anonimato do povo anónimo e escravizado, o verdadeiro construtor do Convento de Mafra, homenageando a sua grandeza épica.

 

 


Ridicularização do sonho megalómano do rei, ao mostrá-lo infantilmente empenhado em construir uma réplica da Basílica de S. Pedro.

 

 

*      Denúncia de todas as formas de violência, intolerância e repressão que atentam contra a dignidade e a liberdade do ser humano.

 

 


Blimunda recolhe a vontade de Baltasar, quando este é queimado na fogueira inquisitorial.

 

 

*      A compreensão do destino do homem, da sua grandeza e dos seus limites, em busca da sua realização plena, através do trabalho, do sonho, do amor, da fé e do mistério…

 


A passarola voa e realiza o sonho do Padre Bartolomeu, contrariando o terror inquisitorial;

O amor de Baltasar e Blimunda supera a morte, quando esta recolhe a sua vontade;

Baltasar diviniza-se enquanto criador de uma máquina voadora e construtor de um convento;

Blimunda usa o seu poder mágico para poder voar.

 

 




publicado por Isabel Marques às 12:30
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
30


arquivos
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO